Caueira: corpo da criança foi encontrado

0

Silvia aguarda a chegada do IML ao lado do corpo do sobrinho (Fotos: Portal Infonet)
Dor e revolta tomam conta dos familiares de Bruno Ribeiro dos Santos,12 anos, que morreu afogado na tarde de terça-feira, 12, na praia da Caueira, em Itaporanga D’Ajuda.

O corpo do garoto foi encontrado por  familiares por volta das 15h30 dessa quarta-feira, 13, quase 24 horas depois. “Nós tínhamos certeza de que ele iria aparecer por aqui então ficamos esperando e só agora o corpo foi jogado para fora”, relata Silvia Helena, tia do garoto, salientando que o corpo foi encontrado quase no mesmo lugar que ele se afogou.

Silvia relatou que um grupo de evangélicos organizou o passeio para a praia da Caueira e que o garoto estava junto com todas as crianças, brincando na beira da praia. “Tudo foi muito rápido. Os pais dele foram de moto para Itaporanga e nós continuamos aqui para voltar com o ônibus do passeio. Quando percebemos ele já estava sendo puxado pela correnteza”, explica.

De acordo com Silvia duas pessoas do grupo perceberam que o garoto pedia socorro e tentaram ajudar. “ Um rapaz entrou na água para ajudá-lo mas quase se afogava também, depois outro tentou ir atrás mas ele já tinha desaparecido no meio das ondas”, relembra.

Salva-vidas

Incoformada com a morte do garoto a tia desabafou e acusou a prefeitura pela falta de segurança. “Como é que uma praia dessa não tem um salva-vidas? Ontem o que tinha de criança aqui não era brincadeira. No momento que ele estava se afogando, se tivesse um profissional treinado para esse tipo de coisa tinha evitado essa morte “, denuncia.

Silvia ainda pontuou que o problema já existe a bastante tempo. “ Não estou querendo culpar prefeito ou determinado partido não. Todos os gestores que passaram por essa prefeitura deveria ter pensado nisso. Toda praia tem que ter salva vidas. Quantas pessoas precisam morrer afogadas para que eles tomem uma providência?”, questiona.

Cabo Emanuel diz que duas equipes trabalharam nas buscas (Fotos: Portal Infonet)
Bombeiros

De acordo com o Cabo Emanuel do Corpo de Bombeiros, as buscas foram realizadas pela equipe de Aracaju. “Ontem fomos acionados para atender essa ocorrência aqui na Caueira e ficamos até às 18h procurando o corpo. Hoje voltamos com outra equipe e continuamos as buscas, e graças à Deus o corpo já foi encontrado” diz.

Quando questionado sobre a falta de salva-vidas na região da Caueira, Emanuel ressaltou que o problema tem que ser resolvido junto a prefeitura da cidade. “ Existem equipes na Barra dos Coqueiros, Pirambu e tantos outros lugares. Acredito que deve existir uma solicitação por parte da prefeitura para que pessoas sejam treinadas e colocadas aqui nessa região. Nós fizemos o que estava ao nosso alcance”, explica.

Por Alcione Martins e Raquel Almeida

Comentários