Ciosp: gravação desmente demora no atendimento

0

Coronel lembra que todas as ligações para o Ciosp são gravadas 
Na manhã desta segunda-feira, 5, um boletim de ocorrência prestado na Delegacia Plantonista por uma vítima de assalto a uma pizzaria no último final de semana dava conta de que ao telefonar para o Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) teve a ocorrência atendida somente meia hora após o fato. A vítima de assalto também denunciava que o atendente do Ciosp teria pedido para falar mais alto, ameaçando desligar a ligação.

O Portal Infonet conversou com o coordenador do Ciosp, coronel Salvador Sobrinho, que negou que a polícia tenha demorado para atender a ocorrência. De acordo com o coronel após ouvir a gravação da ocorrência ficou comprovado que a polícia demorou 7 minutos para chegar à pizzaria e que toda a ocorrência durou 21 minutos.

O coronel foi muito claro ao destacar que todas as ocorrências do Ciosp ficam gravadas e que em nenhum momento da ocorrência o atendente ameaçou desligar. O coronel explica ainda que durante a gravação não existiu a informação de que a vítima falasse mais alto.

“Durante a gravação em nenhum momento o atendente pediu para que a vítima falasse mais alto, não sei por que foi criado isso ai. Toda a ligação que é feita para o Ciosp é gravada, mesmo uma ligação que não seja registrada como foi no caso do comerciante”, ressalta.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais