CMA discute inclusão do Jabotiana no Parque do Poxim

0

Inclusão da Jabotiana no Parque Natural do Poxim é debatida na Câmara (Foto: Portal Infonet)

Nesta quinta-feira, 25, uma das pautas da Câmara de Vereadores de Aracaju foi a discussão da viabilidade de inclusão do bairro Jabotiana no Parque Natural do Poxim, para que a área se torne uma unidade de conservação ambiental.

A questão foi levantada por conta do aumento da especulação imobiliária no local, que traz um problema na sustentabilidade da área, segundo Carla Zoaide, assessora técnica da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema). “Identificamos que essa área tinha um grande potencial para se tornar unidade de conservação. Quanto mais uma ocupação cresce de modo desordenado, ela se torna uma ameaça ao meio ambiente. Um dos principais conflitos no município é de uso e ocupação do solo. As áreas que poderiam ter uma utilização maior e mais intensa estão sendo abandonadas. O crescimento desordenado acontece nas áreas periféricas da cidade”.

Carla Zoaide, assessora técnica da Sema, fala da importância da preservação ambiental no bairro (Foto: Portal Infonet)

O vereador Iran Barbosa (PT), autor do requerimento da audiência pública, diz que a inclusão da Jabotiana no parque é demanda dos moradores. “Participei de uma reunião, e as pessoas pediram, com receio de haver mais degradação, sem os controles que existem quando a área é controlada pelo poder público. Os últimos eventos, como enchentes, que acontecem em decorrência da má utilização do solo urbano nos obriga a ter um olhar mais cuidadoso para estas questões”.

Vereador Iran Barbosa ressalta que participação do poder público é fundamental para evitar degradação (Foto: Portal Infonet)

A inclusão do bairro Jabotiana no Parque Natural do Poxim continuará sendo avaliada. Atualmente, protege uma área de 1,82 quilômetros, predominantemente de manguezal, nos bairros Inácio Barbosa, Farolândia e São Conrado.

Por Victor Siqueira e Verlane Estácio

Comentários