Coletiva no Cope apresenta acusados de corrupção passiva e assaltos ao Banese

0

Robson Alcântara é acusado de praticar assaltos em Aracaju
Os delegados Thiago Leandro e André Baronto apresentaram na manhã desta terça-feira, 6, no Comando de Operações Especiais (Cope), os acusados por assaltos ao Banese da Junta Comercial de Sergipe, da Cohidro, de uma loja de notebooks na Av. Hermes Fontes, roubo a um posto de combustível na Av. Tancredo Neves, corrupção passiva e que são fugitivos de São Paulo e Alagoas.

Segundo o delegado Thiago Leandro, Édna Gomes da Silva e Viviane Almeida tentaram subornar um agente penitenciário com R$ 4.500, na tentativa de que houvesse a facilitação para a entrega de seis aparelhos de telefone celular aos esposos, que estão presos no Complexo Penitenciário (Compecan).

Elas marcaram o encontro com o agente na Praça Tobias Barreto, que acionou a polícia. “Foi preso também o motorista Adenilson dos Santos, que trabalha

Dupla que tentou corromper o agente prisional
para um político de Itabaiana. E o carro, um corsa cinza, é roubado e já está aqui no pátio do Cope. Além dos seis aparelhos de telefone celular, elas queriam levar para os esposos, identificados como Maguila e Leonias de Jesus, o Leo, carregadores e uma bateria”, explica o delegado.

Adenilson dos Santos contou ser cunhado de Leonias. “Léo está preso há mais de dois anos por tráfico de drogas e elas me pediram para dirigir o carro de Itabaiana até aqui. Eu nem sabia do que se tratava, foi quando paramos e ela deu o dinheiro ao agente, que já estava combinado com a polícia para a prisão. Eu sou cunhado de Leo, mas não tenho nada a ver com a bronca delas”, ressalta Adenilson, que passou mal durante a coletiva e quase desmaiou. Ao voltar a si, disse que

Celulares que seriam levados ao presídio
ficou tonto e que não tinha comido nada. Thiago Leandro pediu imediatamente que providenciassem alimentação para o preso.

Assaltos

Na ocasião, foi apresentado ainda pelo delegado André Baronto, Robson Alcântara, o “Robinho”, acusado de praticar vários assaltos, entre eles, o do Banese da Jucese e da Cohidro, do Posto Petrox da Av. Tancredo Neves e de uma loja de notebooks na Av. Hermes Fontes. “Robinho morava no bairro América, mas atualmente estava em uma pousada também em Aracaju. Ele já vinha sendo investigado e procurado”, ressalta o delegado.

Motorista passou mal na coletiva

Irmãos fugitivos de SP e Alagoas

 

Fugitivos

Também na coletiva, o capitão Gilmar, do Grupo Tático de Motos (Getam), apresentou os irmãos Cláudio da Silva, 28 e Alexandro da Silva, 26, fugitivos dos estados de São Paulo e de Alagoas. “Eles são naturais de Porto Real de Colégio, sendo que um agia em São Paulo e o outro em Alagoas. Os irmãos são acusados de roubo de cargas, latrocínios e homicídios e estavam se instalando no bairro Santos Dumond para começarem uma vida criminal em Sergipe”, informa.

Por Aldaci de Souza

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais