Congestionamentos devem continuar, mas em menor proporção, adverte SMTT

0

Trânsito da Av. Beira Mar foi redirecionado para outras vias (Foto Ilustrativa/Arquivo Infonet)
Os congestionamentos nas vias para onde o fluxo de veículos da avenida Beira Mar foi redirecionado devem continuar nesta sexta-feira, 21, mas, de acordo com o coordenador de trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), capitão J. Luiz, em menor proporção. Os problemas enfrentados, segundo ele, são inevitáveis pelas condições físicas que a cidade oferece. O esquema deve permanecer até o domingo, 23, quando o Pré-Caju acaba.

Alguns condutores reclamam de ter enfrentado até duas horas para percorrer uma distância que normalmente demoraria menos de meia hora. As avenidas Tancredo Neves, Hermes Fontes e Rio de Janeiro concentraram os maiores congestionamentos.

“Ontem [quinta-feira, 20] tivemos uma situação atípica, até por que o fluxo de veículos aumentou antes mesmo de a Avenida Beira Mar ser fechada. Os transtornos eram esperados. Acreditamos que hoje o fluxo não vai ser tão intenso; os congestionamentos serão menores porque as pessoas estarão voltando para casa mais cedo”, acredita o capitão. Ele acrescenta que os agentes da

Capitão J. Luiz, coordenador de Trânsito da capital (Foto: Arquivo Infonet)
SMTT continuarão em pontos estratégicos das principais avenidas utilizadas pelos condutores, como a Tancredo Neves, a Hermes Fontes, a Pedro Valadares e Acrísio Cruz.

J. Luiz orienta os foliões a aproveitar o transporte coletivo, táxis e até carona. A SMTT criou alguns pontos extraordinários para os ônibus: Av. Ivo do Prado, em frente ao Restaurante ‘O Renatão’; Av. Delmiro Gouveia, em frente ao Hotel Quality e na Avenida Tancredo Neves, em frente ao canteiro de obras na esquina da Beira Mar.  

Os pontos de táxi estão nas avenidas Oviedo Teixeira com Sílvio Teixeira; Beira Mar, próximo à Av. Tancredo Neves, no sentido sul/norte, na altura do último retorno antes de chegar à passarela da alegria; Francisco Porto, próximo ao Banco Itaú e na Delmiro Gouveia, próximo à Ponte da Coroa do Meio. 

Trânsito 

O coordenador de trânsito da SMTT diz que para o próximo ano o órgão pensa em novas medidas na tentativa de diminuir os transtornos com o bloqueio de uma das principais avenidas da capital. “Poderemos analisar até o fechamento do centro comercial mais cedo”, propõe. Ele alerta, no entanto, que a situação dessa quinta é uma amostra do que pode ocorrer com a cidade nos próximos anos caso as soluções para o trânsito não sejam apresentadas com agilidade. 

“O crescimento do número de veículos não acompanha a projeção do crescimento das vias. Mas a Prefeitura já estuda as alternativas. O modelo de trânsito deve ser repensado”, analisa.

Por Diógenes de Souza

Comentários