Consulta pública para analisar o Projeto Águas de Sergipe

0

O engenheiro Alexandre Fortes apresenta o relatório preliminar
Aconteceu na manhã desta quarta-feira, 25, a segunda consulta pública referente ao Projeto Águas de Sergipe. A realização de audiências e consultas públicas é uma das exigências do Banco Mundial para liberar os recursos da ordem de US$ 117 milhões destinados ao projeto, que será executado no prazo de cinco anos. O evento aconteceu no auditório da Codise e teve por objetivo a apreciação e avaliação do relatório ambiental preliminar do projeto.

Águas de Sergipe é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), por meio da Superintendência de Recursos Hídricos (SRH), e envolve todos os órgãos públicos que têm ações voltadas para o uso e a preservação da água.

Segundo o superintendente da SRH, Ailton Rocha, o projeto está em fase final dos trabalhos técnicos, e a expectativa é que o contrato entre Banco Mundial e Governo do Estado seja assinado em junho de 2010. “O projeto pretende integrar todas as ações inerentes ao uso e à conservação da água, abrangendo inclusive intervenções físicas na Bacia do Rio Sergipe. Esse investimento promoverá ações diretas na recuperação de áreas degradadas, passando por uma melhoria na eficiência da irrigação, do abastecimento público e nas obras de esgotamento sanitário”, explica Rocha.

O superintendente da SRH, Ailton Rocha
Segundo o superintendente, o processo foi iniciado em dezembro do ano passado, e após a conclusão dos trabalhos técnicos o projeto passará por avaliação do Banco Mundial, e, posteriormente, precisará da aprovação do Senado. Ainda segundo Ailton Rocha, é provável que no início do próximo ano seja realizada uma nova consulta pública onde será apresentada uma avaliação ambiental definitiva.

“Para que o Governo do Estado faça o empréstimo junto ao Banco Mundial, o projeto precisará, também, da aprovação do Senado. Provavelmente no início do próximo ano realizaremos nova consulta pública, para que todos tenham conhecimento da concepção final do projeto e de seus impactos ambientais. Acreditamos que em junho o Projeto Águas de Sergipe seja contemplado com os recursos do Banco Mundial”, espera Ailton Rocha.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais