Coronel Iunes desmente agressão

0

Coronel Iunes desmente agressão Foto: Arquivo Portal Infonet
Na manhã desta terça-feira, 6, o comandante de policiamento da capital, Mauricio Iunes, desmentiu a informação que teria agredido e ameaçado sua irmã. A questão veio à tona após Sandra Regina da Cunha que é irmã de Iunes prestar um boletim de ocorrência afirmando que foi ameaçada e agredida.

O boletim com data do último dia 2 desse mês por volta das 4h50 prestado na Delegacia Plantonista Sul relata que no dia 1º por volta das 21h e 21h30 Iunes esteve na casa de Sandra Regina pedindo que fosse assinado um documento passando as cotas da empresa União Segurança para ele.

De acordo com o depoimento na polícia após a negativa Sandra foi espancada, agredida, sofreu vários hematomas pelo corpo, além de colocar uma arma de fogo na boca e rosto. A irmã de Iunes diz ainda que após a agressão teve documentos pessoais e profissionais, aparelhos celulares e um veículo modelo Gol de placa IAK 7107 levados da sua residência.

Durante entrevista no programa Jornal da Ilha Iunes desmentiu todas as acusações e disse que é um problema pessoal. Segundo o Coronel na residência da irmã estavam o cunhado e os sobrinhos de 27 e 30 anos e que ambos apoiaram ele. Iunes nega que tenha agredido sua irmã e que esteve na residência dela para defender o cunhado e os filhos, que são seus sobrinhos, porque a irmã estaria fazendo uso indevido dos bens do casal.

Iunes salienta que o problema é meramente pessoal e que não vai expor a família.

Comentários