Corredor Hermes Fontes ganha duas novas frentes de trabalho

0
Corredor Hermes Fontes (Foto: André Moreira)

A partir desta terça-feira, 3, mais duas frentes de trabalho se somaram às três que já atuam, diariamente, na obra de infraestrutura do corredor Hermes Fontes, executada pela Prefeitura de Aracaju a partir de um investimento superior a R$20 milhões.

Assim, garantindo maior celeridade à execução do projeto, cerca de 120 operários trabalham no canteiro desta obra, que abrange, além da Hermes Fontes, as avenidas Adélia Franco e Empresário José Carlos Silva, formando um corredor de 6,8 km de extensão.

“Pela grandiosidade e complexidade desta obra, o cronograma está bem adiantado. Com mais estas duas frentes de trabalho criadas a estimativa é passar da fase basilar, que consiste nas intervenções mais pesadas na via e na aplicação da nova camada asfáltica, e avançar para etapa complementar, com ações mais alternadas e liberação dos trechos das avenidas que estão funcionando como binário”, explica o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari.

Sob a responsabilidade da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), este projeto moderniza a infraestrutura viária e qualifica a mobilidade urbana da cidade.

Na Hermes Fontes, a primeira frente está localizada no sentido Norte (Orlando Dantas/Centro) no trecho entre o cruzamento com a Praça da Bandeira e a rua Euclides Paes Mendonça; com um binário para a circulação dos veículos no sentido contrário (Centro/Orlando Dantas). A outra frente está no sentido Sul, no trecho entre a rua Leopoldo Mesquita e a rotatória do Sinhazinha; com binário no sentido contrário (Orlando Dantas/Centro).

Na Adélia Franco, a frente de trabalho está concentrada no sentido Norte, no trecho entre o Palácio do Governo do Estado e o cruzamento com a avenida Marieta Leite; com desvio no trânsito. No sentido contrário, o trânsito flui normalmente.

Na avenida José Carlos Silva, uma frente está concentrada no sentido Sul entre a rotatória de acesso ao conjunto Orlando Dantas e o cruzamento com a rua João Batista Machado. No sentido Norte, há um binário para a circulação dos veículos. A outra frente está no sentido Norte no trecho entre o retorno próximo a rua I e o o Terminal DIA. No sentido Sul, o trânsito funciona em sistema de binário.

De acordo com o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari, a ampliação do número de trabalhadores aumenta o ritmo de trabalho e evita ao máximo os possíveis transtornos ocasionados por obra de infraestrutura em avenidas de grande movimento de veículos.

Este é o último eixo do Projeto de Mobilidade Urbana a passar por intervenções para modernização do sistema de transporte coletivo urbano. Fruto de um convênio com o Governo Federal, a obra conta com investimento de R$20.598.535,03. Entre as novidades estão a inclusão de uma faixa exclusiva para ônibus, ao lado esquerdo do canteiro central, e a construção de uma nova ciclovia na avenida José Carlos Silva.

Fonte: AAN 

Comentários