Crianças “a favor” do tráfico

0

Polícia conseguiu prender sete pessoas (Fotos: Portal Infonet)
Crianças de 11 a 17 anos de idade estão sendo usadas por traficantes no município de Itabaiana, distante 56 Km da capital. A constatação feita por policiais do município é fruto de uma investigação que durou dois meses e terminou na manhã desta quarta-feira,8, na deflagração da operação ‘Anjos de Pedra’. De acordo com o delegado responsável, Hugo Leonardo, a polícia conseguiu monitorar os passos dos traficantes que agiam no bairro Invasão, um dos mais carentes da região.

Usando policiais disfarçados e imagens gravadas em vídeo a polícia conseguiu apreender pedras de crack e descobrir os pontos de comercialização da droga, além de distribuidores e vendedores. Um esquema que envolvia crianças e adolescentes entre 11 e 17 anos. Para o delegado além de vender o crack, as crianças eram viciadas.

O delegado Hugo Leonardo
“Cada pedra de crack vendida o adolescente ganhava R$1 e repassava a droga ao traficante. Essa era uma estratégia para evitar o flagrante, para evitar a responsabilização criminal do crime de tráfico para os maiores porque a pena muito elevada”, diz o delegado.

Crianças viciadas

O delegado conta que duas crianças menores de doze anos e um adolescente de 17 anos foram viciados por conta do esquema de venda do crack. “Além das prisões dos envolvidos também pedimos ao judiciário o tratamento clínico dessas crianças que acabaram sendo viciadas”, ressalta Hugo Leonardo.

Na investigação a polícia conseguiu provas do tráfico de drogas
Famílias destruídas

Além da apreensão de dois menores, a polícia conseguiu prender três casais acusados de tráfico de drogas. José Givanilson, vulgo ‘Baiaco’, de 45 anos, e a mulher Adriana dos Santos, de 34 anos. Marcos Antônio de Souza, vulgo ”Tonhão”, de 20 anos e a esposa Maria Patrícia dos Santos, de 23 anos. Adriano Alves da Mota, de 25 anos e a esposa Maria Deisevan dos Santos, de 33 anos. Para a polícia os casais não envolviam os filhos no tráfico, mas viciavam as crianças de uma localidade conhecida como ‘Inferninho’ que fica dentro do bairro Invasão.

Durante depoimento a mulher do traficante ‘Baiaco’, Adriana dos Santos, confessou que traficava

Adriana confessa que já usou benefício dos filhos para comprar crack
drogas e disse que o comércio somente acontecia para que o casal pudesse sustentar o vício. Adriana que é mãe de dois filhos de 10 e 5 anos de idade diz que é viciada há um ano e quatro meses e que costuma consumir a droga dentro de casa.

Para a polícia Adriana contou ainda que para adquirir o produto pelo valor de R$10 costumava usar o beneficio da bolsa escola dos filhos para comprar a droga. O detalhe é que os filhos de Adriana estão atualmente sem estudar.

 

Distribuidores

Com a investigação também foi possível identificar dois distribuidores da droga. Para a polícia Raí e Cicinho que estão foragidos, foram responsáveis por trazer a Itabaiana 10,5 Kg de maconha, apreendidos há um mês.

Também foi identificado um indivíduo conhecido como Carlos Magno Andrade de Carvalho, responsável por fazer furtos juntamente com o preso Cláudio dos Santos Bispo, conhecido como Visgo. Segundo a polícia a dupla praticava arrombamentos e furtos em estabelecimentos de ensino e igrejas.

O delegado pede que quem souber informações sobre pontos de drogas ou mesmo do paradeiro do foragido ligue para o disque denúncia através do 181.

 

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais