CUT realiza atividades no Dia do Trabalhador

0

A Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE) celebrará o dia 1º de maio com a participação popular na Avenida Visconde de Maracaju, no bairro 18 do Forte. O ato, que começa a partir das 16h, contará com a participação de dirigentes da CUT, sindicatos filiados aos movimentos populares e de representantes do campo democrático e popular do meio político.

A programação cultural contará com a participação de Luiz Fontinele e Banda Fusão, Banda Sulanca e Banda Zefinha Teta Cabeluda.

O 1º de maio é um momento de reflexão, no qual a classe trabalhadora dá o seu grito de revolta diante da opressão e das mazelas impostas pelo capitalismo. É um dia de luta e mobilização por emprego, salário e direitos. É uma data de referência no mundo todo contra as injustiças sociais.

História – em 1885, nos Estados Unidos, a Federação dos Grêmios e Sindicatos Operários aprovou deflagrar uma greve geral em 1º de maio de 1886.   Em Chicago, cerca de 350 mil operários foram violentamente reprimidos pela polícia. Houve nove mortes. Mais quatro operários foram assassinados em 3 de maio. Um grande protesto marcou o dia 4. Mais repressão. Oitenta trabalhadores foram assassinados. 

A origem do Dia do Trabalhador é um exemplo de resistência. Péssimas condições de trabalho, longas jornadas, baixos salários e exploração do trabalho infantil. Mais do que comemorações, o 1º de Maio é uma etapa na construção de um novo modelo de organização social.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais