Delegadas detalham a prisão de Ricardo

0

As delegadas Érica Farias(à esquerda) e Georlize Teles detalham a prisão de Ricardo(Foto: Portal Infonet)
Na manhã desta sexta-feira, 18, as delegadas Georlize Teles e Érika Farias apresentaram detalhes da prisão de Ricardo Santos Costa, 39 anos, acusado de esfaquear Áurea Alves Dantas, no último dia 1° de fevereiro.

De acordo com as delegadas, o acusado foi preso após um intenso trabalho de investigação. “Aliamos as técnicas de investigação e o trabalho das equipes, coordenados por mim e pela delegada Érika e conseguimos capturá-lo em Alagoas, mesmo com a tentativa dele de evadir-se”, explica a delegada Georlize.

As informações passadas pelas delegadas dão conta de que o acusado nega que pretendia fugir para o Rio de Janeiro, mas confessa o crime, sem nenhum arrependimento. “ Ele disse que não pretendia viajar, mas temos provas de que ele já havia comprado a passagem. Em relação ao crime ele diz com todas as letras: Eu queria e fui para matá-la”, relata Gerlize Teles.

Faca utilizada no crime(Foto: Portal Infonet)
De acordo com Érika, Ricardo ainda informou que no dia do crime havia mandado flores para Áurea. “Ele contou que mandou flores e que esperou uma resposta, mas como não obteve foi em casa almoçar e pegar a faca”, revela.

A delegada Érica ainda relatou que o acusado estava em Piaçabuçu freqüentando a igreja e namorando. “Ele estava escondido em casa e só saia para a casa da namorada e para acompanhá-la até a igreja” explica Érika.

O acusado está preso e permanece à disposição da Justiça. De acordo com a delegada, Ricardo vai responder por tentativa de homicídio. “Ele já responde um processo por lesão na 9° Vara e agora vai responder por tentativa de homicídio”, finaliza Georlize Teles.

Por Alcione Martins

Comentários