Delegado analisa responsabilidade de proprietário

0
Inquérito será concluído até a primeira quinzena de fevereiro (Foto: Arquivo Infonet)

O delegado Valter Simas, da Delegacia de Turismo, ainda não concluiu o inquérito policial que aponta as causas e o responsável pelo desabamento [em julho de 2014] de um prédio com quatro pavimentos, que estavam em construção no bairro Coroa do Meio. A previsão é de que o inquérito seja concluído até a primeira quinzena de fevereiro.

A equipe do Portal Infonet conversou nesta quinta-feira, 22,  com o delegado Valter Simas. Ele informou que o próximo passo é analisar o laudo encaminhado pelo Instituto de Criminalistíca. “Ainda não terminei de ler o laudo e vou levar pra casa porque é complexo. A criminalista nos encaminhou o seu laudo junto com o parecer do Crea. Após análise, vamos verificar se há de se fazer outras diligências, mas se for, será uma coisa pontual”, afirma.

Ingadado sobre a possibilidade de o proprietário do edifício ser responsabilizado sobre o desabamento, o delegado informa que tudo dependerá do entendimento do MPE. “Eu vou decidir se ele vai ser indiciado ou não. Se for indiciado, encaminho ao MPE e ele [MPE] é que vai decidir se vai promover ação penal ou não”, informa.

Parecer do Crea

Em dezembro do ano passado, o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) divulgou o resultado do laudo que apontou problemas da estrutura e afirmou que a construção desabou “devido a uma associação de erros de projetos e de execução”.

Sobre o parecer do CREA, Valter Simas disse que somente se pronunciará após finalizar o caso.

Relembre

A construção desabou em julho de 2014, soterrando quatro pessoas da mesma família. Todos foram resgatados pelas equipes do Corpo de Bombeiros ainda com vida, mas o bebê de apenas 11 meses não resistiu aos ferimentos e morreu após o resgate.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais