Deputados do PL e PP devem ser obrigados a declarar-se impedidos na CPI do Mensalão

0

De acordo com o deputado federal Ivan Paixão (PPS/SE), “todos os deputados do Partido Progressista e do Partido Liberal, conforme o requerimento para instalação da CPI do Mensalão, devem ser obrigados a declarar-se impedidos e não ter sequer a sua assinatura validada para instalação da mesma”. A denúncia do parlamentar foi baseada no art. 180, § 6º do Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

 

Segundo Paixão, desde a semana passada existe uma queda de braço por causa da instalação da CPI mista do Congresso Nacional para apurar denúncias do mensalão. Na opinião do parlamentar, as assinaturas do PT, PL, PP e PTB como co-autores da CPI é uma tentativa do partido de tentar salvar os “dedos ou os anéis, as duas coisas está muito difícil”, argumentou.

 

“São agências de bancos em shopping, são deputados que recebem mensalão e todos os 56 deputados, salvo engano, que mudaram para o PP e PL estão sob suspeita de terem sido comprados”, fala Paixão a respeito de Roberto Jefferson, cujas denúncias, acredita o parlamentar, viram com “precisão cirúrgica” e merecem crédito.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais