Desipe coloca policiais nos presídios durante greve

0

O diretor do Departamento do Sistema Penitenciário – Desipe -, tenente-coronel José Carlos Cruz, anunciou hoje que um efetivo de 100 homens da Polícia Militar está fazendo a guarda dos presídios sergipanos, em virtude da greve dos agentes penitenciários que começou à meia-noite. A rotina das unidades não foi alterada: continuam as visitas íntimas e amanhã, dia 25, a visita de familiares já cadastrados está liberada. Os agentes penitenciários mantêm um efetivo mínimo de 30% como manda a lei. “A situação está sob controle”, disse o coronel Cruz, que ontem pela manhã fez uma inspeção, junto com a Polícia Militar nos presídios sergipanos. Ele sugere, no entanto, que as pessoas que irão visitar internos no domingo leve o mínimo de utensílios para que não haja problemas na hora da fiscalização, já que o número de agentes penitenciários foi reduzido.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais