DNIT identifica área para a realização de trilhas ecológicas

0
O local vistoriado trata-se de uma Unidade de Conservação, Área de Proteção Ambiental Sul do estado de Sergipe, criada em 1993, e tem uma extensão de aproximadamente 54 mil hectares, dista 6 Km até a BR-101 (Foto: Dnit)

Com a finalidade de desenvolver atividades de educação ambiental com o público assistido pela equipe da Gestão Ambiental BR-101SE/DNIT, a equipe Gestora vistoriou a Área de Proteção Ambiental (APA) no município de Santa Luzia do Itanhy, em Sergipe.

O local vistoriado trata-se de uma Unidade de Conservação, Área de Proteção Ambiental Sul do estado de Sergipe, criada em 1993, e tem uma extensão de aproximadamente 54 mil hectares, dista 6 Km até a BR-101/SE.

No decorrer da vistoria, a Gestora Ambiental pôde analisar a viabilidade da área em atividades educativas que incluem a realização de trilhas ecológicas, estas direcionadas às comunidades assistidas pelos programas de educação ambiental e condicionante quilombola.

A educação ambiental envolve um conjunto de ações voltadas ao fomento da participação qualificada da população afetada durante o processo de implantação do empreendimento. A execução de ações de educação ambiental, como as trilhas ecológicas, entre outras, estas voltadas para as comunidades locais constituem uma forma de captar anseios sobre os recursos naturais da região afetada pelas obras em questão. Outras atividades podem ser vistas no site www.br101nordeste.com.

Fonte: ascom Dnit/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais