E os mercados?

0

Não são poucos os populares que, diariamente, dirigem-se aos mercados Antônio Franco e Thales Ferraz para conhecer as reformas ali executadas. Mas, batem com o nariz na porta: desde a inauguração, na noite de 6ª feira, as instalações dos chamados “mercados velhos” permanecem de portas fechadas. De fato, nem a Cehop, nem a prefeitura otimizou um sistema capaz de receber os populares e mostrar-lhes as reformas dos mercados, tão badaladas, por sinal. É assunto para se resolver logo.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais