Empresas terão que apresentar projetos para Terminais de Integração

0

Audiência pública dos transportes
Em audiência realizada na manhã desta sexta-feira, 29, a promotora de defesa do consumidor, Euza Missano, determinou para o próximo dia 26 de março a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) pelas empresas responsáveis pela administração dos terminais de Aracaju. Deverão comparecer à audiência representantes da SMTT, Setransp, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Sindicato dos ambulantes.

 

De acordo com a promotora, a situação dos terminais é cada vez mais precária e precisa de reformas emergenciais. “Não dá mais para segurar a situação. Os consumidores não merecem tal descaso. Vamos ter que resolver isso o quanto antes”, explica Euza.

 

Promotora Euza Mizzano
A proposta é de que seja realizada uma lavagem geral nos terminais de Aracaju, bem como troca no sistema de iluminação, pintura, colocação de banheiros químicos, interdição dos existentes e troca das grades de proteção.  

 

Além de aspectos administrativos e estruturais, a situação dos ambulantes foi bastante discutida na audiência. “Vamos ter que remanejar os ambulantes que estão nos terminais porque muitos deles não estão cadastrados na SMTT. É preciso ressaltar que não vamos expulsar os ambulantes, mas só poderemos manter aqueles que estão cadastrados, uma vez que laudos da Vigilância Sanitária diagnosticaram graves problemas nos terminais. Os ambulantes que tiverem cadastro não precisam se preocupar”, disse Euza.

 

O prazo para execução dos projetos apresentados será definido na audiência do dia 26.

Comentários