Envenenamento: casal é transferido para Aracaju

0

A professora é acusada pela polícia de ter enviado os chocolates por ciúmes Foto: reprodução Portal Infonet
O casal preso na manhã da última terça-feira,19, acusado de ter enviado chocolates envenenados para uma jovem no município de Itabaiana foi transferido da cidade serrana para a capital sergipana.

Segundo a polícia, o casal foi transferido na manhã desta quarta-feira, 20. A professora Genailde Cardoso Santos de Oliveira, de 33 anos, permanece presa na 4ª Delegacia Metropolitana enquanto o marido dela identificado como Adilson da Cunha Lima, está na Delegacia Plantonista.

A jovem Jéssica de Lima, de 17 anos, que seria o alvo da tentativa de homicídio, disse que apesar da prisão da professora quer Justiça. “Só vou me sentir aliviada quando o meu sobrinho estiver em casa. Ele está entre a vida e morte e essa mulher precisa pagar pelo que ela fez”, declara.

Jéssica Lima segura cartaz com foto do sobrinho / Foto: Portal Infonet
De acordo com Secretaria da Segurança Pública, o casal foi transferido para Aracaju por questões de segurança. Com a prisão dos envolvidos, o clima no município ficou tenso. Na noite da última terça-feira, 19, familiares da jovem Jéssica de Lima, de 17 anos, fizeram uma manifestação pedindo Justiça.

Com a prisão do casal a polícia aguarda o resultado dos exames toxicológico para saber o veneno utilizado no chocolate e grafológico para definir a autoria da caligrafia escrita no bilhete enviado para a residência de Jéssica.

Por Kátia Susanna

Comentários