Estupro: OAB vai aguardar conclusão de inquérito para adotar medidas

0
O presidente da OAB/SE, Inácio Krauss, informa que o órgão irá aguardar a conclusão do inquérito policial (Foto: Arquivo/ Portal Infonet)

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Sergipe (OAB/SE), vai aguardar a conclusão do inquérito policial sobre o caso do advogado suspeito de estuprar uma criança de 12 anos, no último sábado, 3, dentro do banheiro de um supermercado, para adotar medidas administrativas.

O presidente da OAB/SE, Inácio Krauss, informa que a entidade acompanhou o caso desde o momento do flagrante. “Acompanhamos o advogado durante o depoimento no DAGV para garantir que as prerrogativas da advocacia, previstas em lei, sejam cumpridas, e que o advogado seja preso em presídio especial. Como em Sergipe não tem cela de estado-maior, ele foi encaminhado para o Presídio Militar (Presmil) após a audiência de custódia”, explica.

Krauss disse ainda que acionou a Comissão da Infância e Adolescência para acompanhar o desdobramento do caso. “Vamos aguardar a conclusão do inquérito policial para só então, com o resultado da investigação, definir se será instaurado um processo administrativo. Enquanto isso, continuamos acompanhando o caso”, afirma o presidente da OAB/SE.

Entenda

No sábado, 3, a Polícia Civil flagrou o advogado André de Jesus Santana dentro de um banheiro de um supermercado com um menino de 12 anos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), uma funcionária que faz a limpeza dos banheiros, viu duas pessoas dentro de uma cabine e acionou os seguranças.

A Polícia Militar foi acionada e todos foram encaminhados ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV). A delegada responsável pelo caso, Renata Aboim, após ouvir os envolvidos, optou em realizar o flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

André de Jesus Santana foi encaminhado para a 8ª Delegacia Metropolitana, onde passou a noite do sábado, e no domingo, 4, após audiência de custódia, a prisão em flagrante foi convertida em preventiva e ele foi encaminhado para o Presmil, onde está preso.

Por Karla Pinheiro

Comentários