Ex-marido bate em mulher e é atingido por tiros

0
Acusado teria reagido à prisão e foi atingido no pé (Foto: Portal Infonet)

Um vendedor de carros foi preso em flagrante depois de atingir a cabeça da ex-esposa com uma garrafa. O acusado teria reagido à voz de prisão e, quando tentou fugir dos policiais, teria atropelado um sargento, mas acabou atingido por dois tiros: no pé e, de raspão, na região lombar. O episódio aconteceu na madrugada deste domingo, 28, durante uma festa em um posto de combustível na avenida Tancredo Neves, em Aracaju.

Conforme informações do cabo Eurípedes, que integra a equipe da Companhia da Rádio Patrulha (RP), o acusado, identificado como Thiago de Jesus, 29, estaria na festa onde também se encontrava a ex-esposa. A mulher teria trocado um beijo com um rapaz e ocorreu um clima de desarmonia, momento em que o acusado teria se armado com uma garrafa e atingido a cabeça da ex-companheira.

Coincidentemente, a equipe da Rádio Patrulha teria sido acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança (Ciosp) para atender a uma outra ocorrência nas proximidades. Mas encontrou o clima tenso e o acusado em uma motocicleta. Os policiais teriam dado ordem de parada, mas o acusado teria tentado prosseguir dando partida na motocicleta, momento em que chegou a atropelar um sargento da equipe.

“O sargento caiu, mas não ficou ferido e a equipe tentou impedir a fuga segurando a motocicleta, mas não conseguiu e um dos nossos policiais disparou um tiro contra a moto. Não tinha interesse de atingi-lo”, contou o cabo. “Há informações que o vigilante do posto também teria disparado a arma”, revelou o policial. A vítima e o agressor foram conduzidos para a Delegacia Plantonista, onde foi registrado o Boletim de Ocorrência e o acusado ficou detido.

O delegado de plantão, Augusto César Oliveira, informou que o acusado foi autuado em flagrante delito por lesão corporal, com base na Lei Maria da Penha. Não foi arbitrada fiança, segundo o delegado, por existir outro processo que envolve agressão contra a mesma vítima e o acusado permanece preso. "Vamos comunicar a prisão ao juiz", diz o delegado.

*A matéria foi alterada às 9h45 para acréscimo de informações

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais