Expediente na Semana Santa

0

Estamos já em plena Semana Santa. Em tempos passados, os jornais anunciavam que “o pescado estava raro”, mas certamente “não faltaria peixe” por causa da ação das autoridades. Hoje, não existe mais o perigo de desabastecimento. Ora porque cresceu o número de supermercados, ora porque o mercado tem tido peixe e outros pescados de sobra. Nos mercadinhos da cidade já é possível comprar até uma raridade por estas bandas, o bacalhau da Noruega.

A preferência do povo, naturalmente, fica com o peixe, seguido do camarão. Os hábitos alimentares na Semana Santa, também mudaram muito. Antigamente, só se comiam pescados, mas hoje tem gente que nem respeita mais isso. A própria Igreja Católica, sabedora da dificuldade do seu rebanho, já admite a alimentação a base de carne de boi até mesmo na 6ªfeira da paixão. Ademais como aumentou também o rebanho das igrejas evangélicas, pode-se dizer que a semana santa não é mais como antigamente.

Aliás, por falar em Semana Santa é bom ter em mente que os serviços públicos só funcionam até 4ª feira. Depois, só abrem na 2ª feira. Os bancos funcionam também até 4ª feira. O comércio abre até a 5ª feira pela manhã e tem permissão para funcionar também no Sábado pela manhã. Muitas lojas fecham porque seus donos buscam as praias para curtir os dias santificados.

As indústrias podem funcionar normalmente inclusive na 5ª feira, só anulando o expediente da 6ª feira. Os supermercados da cidade vão funcionar normalmente até a 5ª, fecham 6ª e abrem no Sábado normalmente. Os shoppings têm horário especial na 5ª feira e no Sábado. Como este ano comemoram-se os 500 anos do descobrimento do Brasil, o brasileiro vai curtir um feriado extra no dia 26 próximo, por conta das festas que vão transcorrer em Brasília.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais