Caso Chelton Luiz: familiares e amigos protestam por justiça

0

Familiares e amigos realizam no final da tarde desta quinta, 26, uma manifestação por causa da morte de Chelton Luiz, vítima de disparos de arma de fogo. A manifestação ocorreu no conjunto Augusto Franco, na Avenida Caçula Barreto (antiga Canal 3), local em que aconteceu o fato.

Segundo Charles José Santos, irmão da vítima, o ato tem o objetivo de lembrar a população da situação que aconteceu no último dia 15 deste mês em que Chelton Luiz foi tentar separar uma briga e acabou sendo atingido por disparos da arma de fogo de um policial. “É para pedir justiça, para que haja celeridade nas investigações”, explica. “A manifestação também serve para lembrar a sociedade de que não é a primeira vez que uma situação semelhante acontece, que alguém que era inocente acaba morrendo de forma injusta”, completa.

Ainda de acordo com o irmão da vítima, não existe sentimento de ódio ao policial, porém o desejo que fica é de que o responsável seja punido. “É um misto de sentimentos. Mas não tenho ódio, o sentimento de tristeza é muito maior”, desabafa.

Entenda o caso

Chelton Luiz foi à óbito no final da tarde de ontem. (Foto: Arquivo Pessoal)

O jovem de 28 anos, Chelton Luiz Santos, foi internado no Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse)  após ter sido alvejado por um tiro no pescoço enquanto tentava separar uma briga entre um amigo e um PM. Chelton Luiz  não resistiu aos ferimentos e morreu no final da tarde desta quarta-feira, 25.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou, através de nota, que o suspeito será indiciado por homicídio com dolo eventual, já que tinha a intenção de alvejar um outro rapaz, com o qual ele tinha discutido.

Por Isabella Vieira e Verlane Estácio

Comentários