Greve dos agentes penitenciários é adiada para o dia 3

0
Agentes decidiram que a greve será deflagrada somente no dia 5 (Foto: arquivo Portal Infonet)

A greve dos agentes penitenciários foi adiada para o próxima quinta-feira, 3. A categoria alterou o início da paralisação [que já estava marcada para esse sábado, 29], para que fossem ajustados alguns detalhes jurídicos. Os servidores defendem  a isonomia salarial e a equiparação salarial entre os trabalhadores.

“Adiamos a greve por conta de alguns detalhes de cunho jurídico que precisam ser acertados. Achamos por bem não arriscar para que não haja a possibilidade de a greve ser decretada ilegal. Por isso optamos pela prudência”, explica o vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Sejuc (Sindipen), Marcelo Soares.

Os servidores denunciam que há disparidades entre o salário da categoria, que é dividida em classes. A diferença salarial, segundo o sindicato, chega a R$ 55%. As melhorias nas condições de trabalho também está na pauta de reivindicações.

Com a paralisação, somente 30% do efetivo estará de expediente, fazendo com que serviços como o transporte de detentos para audiências, celas e clínicas fiquem prejudicados. As visitas nas unidades prisionais da capital e interior do estado também ficarão suspensas.

* A matéria foi alterada às 14h33 do dia 30/03/2014 para correção de data

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais