Homem invade a casa da mãe com carro e deixa dois feridos

0

A casa ficou destruída (Fotos: Infonet)
O descontrole emocional teria sido a motivação para uma tragédia registrada na manhã desta terça-feira, 25, no conjunto Albano Franco, município de Nossa Senhora do Socorro. Isso quando após uma discussão com a esposa, o autônomo Celso Alves dos Santos, 51, resolveu invadir a casa da mãe [tentando atingi-la], com uma caminhonete, mas acabou ferindo a sobrinha de 20 anos e a filha dela, de apenas dois anos.

“O pior é que, quando ele viu a menina debaixo da caminhonete, perdeu o controle de vez, foi até a cozinha, pegou uma faca e enfiou no peito. O susto foi muito grande, deixando minha avó de cama. Meu tio foi socorrido por equipes

A jovem e a menina de dois anos estavam no sofá
do Samu e levado para o Huse em estado grave”, relata a sobrinha de Celso Alves, Amanda Luisa Alves dos Santos.

Amanda contou à reportagem do Portal Infonet que Celso morava em São Paulo com a esposa e pediu à mãe para vir passar uns dias na casa dela até conseguir um lugar para morar.

“Minha avó disse que onde come um, comem dois e aceitou. Só que a esposa dele tem uma menina de 11 anos que dá muito trabalho e mora com a mãe dela, que não quer mais a menina lá. Então ela quer que a menina venha morar aqui e minha avó não aceitou, pois se os netos de sangue dão trabalho, imagine dos outros e já com essa estória de mau comportamento. Foi quando a esposa dele brigou e saiu de casa ontem”, informa.

Irmãos de Celso Alves tentam escorar as paredes para não desabar
Ela disse ainda que o tio pegou o dinheiro que tinha para pagar a prestação da caminhonete e investiu em um bar durante o Pré-Caju, como não obteve o lucro desejado, ficou ainda mais nervoso.

“Ele já estava nervoso, quatro noites sem dormir e com as dívidas para pagar. Veio essa situação da menina e ainda a mulher saiu de casa. Ele invadiu a casa da minha avó, que está ali arreada e toda a família está contrariada com esta tragédia”, ressalta Amanda Luisa enfatizando que o tio não sabia que a jovem e a criança estavam na sala.

A sobrinha de Celso Alves disse ainda que ele chegou de São Paulo há três meses, que não bebe há mais de 20 anos e nem

Caminhonete usada para invadir a casa
é usuário de drogas. “A gente acredita que foi muita pressão da esposa para que minha avó aceite a filha dela aqui e por causa das dívidas. Ele perdeu a cabeça”, lamenta.

Dor

“Vocês não sabem a dor que se acometeu por toda a nossa família. O desespero maior foi para a minha avó, coitada, ver o filho enlouquecido, com uma faca encravada no peito, a sobrinha machucada e a netinha embaixo da caminhonete, sem contar com a casa praticamente destruída”, lamenta Amanda acrescentando que as primas foram levadas ao hospital, mas estão fora de perigo.

Boletim

No Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), a assessoria de Comunicação informou que o estado de saúde de Celso Alves dos Santos é gravíssimo e que está sendo submetido a uma cirurgia no centro cirúrgico.

Por Aldaci de Souza

Comentários