Homens entram na luta em defesa das mulheres sergipanas

0
Momento do Hino Nacional (Fotos: Portal Infonet)

“Homens pelo fim da violência contra a mulher”. Esse foi o tema debatido durante um ato público realizado na manhã desta segunda-feira, 12, na sede da Defensoria Pública do Estado de Sergipe Evento faz parte da programação alusiva à Semana do Defensor Público comemorado em 19 de maio.

O defensor público geral, Raimundo Veiga ressaltou que os registros de ocorrências mostram que a violência contra a mulher vem aumentando cada vez mais em Sergipe.

“É crescente o número de mulheres que se sentem ameaçadas, agredidas e procuram os organismos, as instituições. Aqui na Defensoria, além de defensores, o Núcleo da Mulher conta com assistentes sociais e psicólogas. Mas essa é a primeira vez que os homens aderem à luta pelo fim da violência contra a mulher e participam desse ato público”, destaca.

Veiga: "Mulher não pode ser tratada como objeto de descarga de estresse"

Lucas Aribé participou do evento

Estudantes do Atheneu atentos à palestra

Além do ato, foram realizados na Central de Atendimento Defensora Diva Costa Lima, mutirão de atendimento e palestra com os estudantes do Colégio Atheneu Sergipense. “É muito importante essa participação do homem para mostrar que a mulher não pode ser tratada como se fosse um objeto para descarga de estresse ou de posse. O homem tem que respeitar a mulher e, antes mesmo de pensar em agir com violência, deve promover o diálogo ou evitar perder o controle”, entende Raimundo Veiga.

Participaram ainda da abertura da Semana da Defensoria, o secretário de Estado da Justiça, representando o governador Jackson Barreto (PMDB), o procurador geral do município, Carlos Pina Júnior,  representando o prefeito João Alves Filho (DEM), os defensores, Emília Correia, Elizabete Luduvice e Jesus Jairo Almeida de Lacerda, além do vereador Lucas Aribé (PSB).

Por Aldaci de Souza

Comentários