Ibama recebe 110 pássaros apreendidos em Capela

0

Cento e dez pássaros foram apreendidos em Capela (Fotos: Portal Infonet)
O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama/SE), recebeu na tarde desta segunda-feira, 30, mais de 110 pássaros apreendidos em uma operação de Polícia Ambiental, no último sábado, 28. A ação foi realizada no povoado Miranda, localizado no município de Capela, distante 67 km da capital sergipana.

De acordo com o Tenente Cláudio Nunes, responsável pela operação, as espécies foram encontradas na casa de A.S.N, de 35 anos. “Estávamos trabalhando em um caso de desmatamento na Mata do Junco, quando identificamos a residência do indivíduo pelas proximidades. Os pássaros estavam espalhados em todos os cômodos da casa”, relata.

Espécies em risco de extinção foram encontradas
O tenente conta que na busca constataram-se várias espécies em extinção. “Pintassilgos, sofrês, dentre outros foram identificados em gaiolas em péssimas condições, inclusive espécies que nem conseguimos identificar. O homem responderá por crime ambiental e será multado de acordo com a lei”, explica.

Ibama

Segundo o analista ambiental do Ibama, Walber Feijó, somente neste ano foram apreendidos, incluindo as entregas voluntárias, mais de 250 animais. “As espécies capturadas passam por uma triagem, onde identificamos a possibilidade de soltura. Caso isto

Walber Feijó, analista ambiental do Ibama
não seja possível, fazemos uma avaliação para posteriormente encaminharmos as espécies para um zoológico ou órgãos registrados”, esclarece.

Ele conta que, no momento da captura em flagrante, muitos indivíduos acabam fugindo do local. “Quem for identificado realizando tráfico ilegal de animais, poderá pagar uma multa que varia de R$500 até R$ 5000, por espécies em extinção”, alerta. As aves que não tiverem condições de soltura serão levadas para uma base do Ibama, no município de Areia Branca.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais