Jornalistas são constrangidos no Palácio dos Despachos

0

Alguns membros da imprensa sergipana foram rispidamente repreendidos ao chegarem ao terceiro andar do Palácio dos Despachos na manhã de hoje, 10. O capitão da Polícia Militar, Alessandro, alegando que todos deveriam estar identificados, acompanhou-os até a recepção e depois dos dados pessoais anotados cada um recebeu a etiqueta adesiva com seu nome.

Sem saber das novas regras de identificação e sem serem informados antecipadamente pela recepcionista, os jornalistas se dirigiram como costumavam fazer no antigo governo, para o terceiro andar.

Indignados, colegas de outros veículos se juntaram e informaram a ação ao governador Marcelo Déda, que no mesmo momento disse que o capitão não poderá continuar no Palácio dos Despachos.


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais