Jovem dispara arma e acaba sendo agredido até a morte em Lagarto

0
Policias são acionados para atender à ocorrência em Lagarto (Foto: Arquivo Infonet)

Um jovem de 18 anos, acusado de disparar um tiro para o alto durante uma festa de rua na cidade de Lagarto, foi contido por um grupo de pessoas que participavam do evento e, agredido, faleceu no hospital regional. Esse episódio foi registrado pela equipe do 7º Batalhão da Polícia Militar de Sergipe (BPM) por volta das 22h50 do domingo, 9.

Conforme informações do subtenente Heliomarto Resende, responsável pela comunicação social do 7o BPM, a equipe recebeu telefonema de um cidadão, informando que havia um rapaz ferido, com perfurações que teriam sido provocadas por arma branca e também estava com outros hematomas no corpo, consequência de agressões físicas.

A festa popular estava acontecendo rua Riachão [conhecida como rua da Caridade]. A equipe da PM identificou a vítima das agressões físicas como Paulo Matos Santos Ferreira, 18, acusado de disparar um tiro para o alto no meio da multidão.

As pessoas que contiveram Paulo teriam conseguido, inclusive, desarmá-lo, conforme o subtenente Heliomarto. O jovem ainda conseguiu correr, mas caiu ao chegar em uma outra localidade, conhecida como Baixa da Gia. Ele pediu socorro e as pessoas do bairro o conduziram para o Hospital Regional de Lagarto, onde foi registrado o óbito, posteriormente. Os policiais militares ouviram os relatos das pessoas na região, realizaram diligências, mas não identificaram suspeitos pelas agressões que teriam sido praticadas contra o jovem.

por Cassia Santana

Comentários