Juiz manda retirar famílias ocupantes da antiga Clínica Santa Maria

0
As famílias são notificadas e continuam resistindo (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O juiz Aldo de Albuquerque Mello, da 6ª Vara Cível da Comarca de Aracaju, determinou a imediata retirada das famílias, que permanecem ocupando as instalações da antiga clínica Santa Maria, no bairro Siqueira Campos. O juiz expediu mandado de desocupação diante dos riscos identificados pela Defesa Civil do Município de Aracaju no imóvel e as famílias foram notificadas na manhã desta quarta-feira, 27.

O coordenador do Movimento Sem Teto de Sergipe, Antonio Miguel dos Santos, confirmou a notificação e assegurou que as famílias não aceitam ser deslocadas para o galpão que a Prefeitura de Aracaju disponibilizou para abrigá-las. Segundo Antonio Miguel, as famílias querem o auxílio moradia e continuarão resistindo para conseguir o benefício.

Na ação judicial pela reintegração de posse movida pelos donos da antiga Clínica Santa Maria, o juiz se manifesta determinando o uso de força policial para a retirada do pessoal em caso de resistência. A Polícia Militar, que tem a atribuição de atuar nestes casos, ainda não foi notificada, conforme informações da assessoria de comunicação social da corporação.

O espaço foi desativado em 2012. Em 2013, a Vigilância Sanitária da Prefeitura de Aracaju constatou o abandono da Clínica Santa Maria, que prestava atendimento psiquiátrico a pacientes assistidos pelo Sistema Único de Saúde. Na época, os fiscais da Prefeitura de Aracaju encontraram grande quantidade de medicamentos largada dentro do imóvel, que já estava servindo de abrigo para pessoas envolvidas com crimes e drogas.

Em 2014, o Movimento Sem Teto fez a ocupação e as famílias continuam residindo em condições precárias naquele imóvel. No dia 8 deste mês, a Defesa Civil do Município de Aracaju declarou a interdição por risco de desabamento, notificou todos os ocupantes e colocou um galpão à disposição das famílias e um caminhão para transportar os bens. E, até o momento, as famílias resistem.

A Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura de Aracaju informou que aquelas famílias estão cadastradas no Programa Habitacional, mas ainda não se manifestou quanto ao pagamento de auxílio moradia. A assessoria de imprensa da pasta se comprometeu a enviar uma resposta ainda nesta quarta-feira, 27. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cassia Santana

Comentários