Justiça determina demolição de mais um bar na Aruana

0

Outros bares já haviam sido derrubados em abril deste ano (Foto: Arquivo Infonet)
A Advocacia Geral da União e o Ministério Público Federal (MPF) conseguiram nesta sexta-feira, 15, na Justiça Federal, garantir a demolição do ‘Bar do Joca’, o único que não havia sido derrubado junto a outros três espaços em abril deste ano na Praia de Aruana. A medida visa garantir a reurbanização do espaço pela Prefeitura Municipal. A briga entre donos de bares, a Prefeitura e os órgãos federais se estende na Justiça desde 1999.

A decisão veio pela 3º Vara e foi divulgada no serviço de microblog Twitter, na conta oficial da AGU. A partir de então o proprietário do bar tem prazo de 30 dias para demolir o prédio. Caso não o faça, a União fica autorizada a demolir o bar imediatamente. A decisão não cabe mais recurso. O advogado do órgão, Ricardo Seixas, foi procurado por uma equipe do Portal Infonet, para comentar o caso, mas não quis se pronunciar sobre o assunto.

A AGU informou, ainda, que com a conclusão das obras na Praia de Aruana – que com a derrubada do bar poderão seguir adiante – a PMA será obrigada a realizar a licitação de quiosques para todos os interessados.

Por Diógenes de Souza e Raquel Almeida

Comentários