Lar de Zizi forma alunos para o mercado de trabalho

0

Hoje à noite, adolescentes, adultos e pessoas de diversas idades conseguiram realizar mais um sonho. O sonho de serem incluídas digitalmente. Todos eles têm a compreensão de que necessitam de um curso de informática para poderem entrar de forma mais completa no mercado de trabalho.

 

Às 19 horas desta noite, começou a cerimônia de formatura dos alunos de informática do Lar de Zizi. Além da entrega dos certificados, a noite foi preenchida com a inauguração da nova sede da instituição, que trabalha com crianças carentes no Bairro Luzia, em Aracaju.

 

A Escola de Informática e Cidadania Lar de Zizi (EIC) é fruto de uma parceria com diversas empresas interessadas em ajudar, entre elas a InfoNet, o Banco do Estado de Sergipe (Banese), o CDI, Apple, J. Andrade, Instituto Luciano Barreto Júnior e Superlux. Porém, dois grandes parceiros neste programa foram o Comitê de Democratização da informática (CDI), que ajudou cedendo o curso de qualificação do professor; e o Rotary CLub, que dotou a nova sede de equipamentos.

 

Além disso, o Rotary disponibilizou as máquinas para os projetos, doando os computadores usados no curso. É importante lembrar que esta foi a segunda turma formada pelo Lar de Zizi. A sociedade rotariana ajudou através do

Patrícia Nascimento
presidente do Rotary CLub Aracaju, José Sobral e do idealizador do Projeto e rotariano, Gonçalo Melo. A presidente do Lar de Zizi, Ivânia Siqueira, não pôde conter a satisfação.

 

Para a aluna Patrícia Nascimento, a dificuldade de arranjar um emprego a levou a procurar pelo curso. “O diploma é importante para o nosso currículo. Foram seis meses de curso e pensei em parar várias vezes, principalmente pelo cansaço, mas consegui ir em frente. Ainda não recebi propostas, mas não pretendo parar: todos os sábados eu e mais alguns colegas viremos ter aulas para não esquecermos o que aprendemos”, conta a estudante.

 

Quem também não pretende parar de estudar é a dona-de-casa e ex-comerciante Sueli Vieira. Sueli disse que deseja voltar ao mercado de trabalho, que abandonou quando teve suas duas filhas. Hoje, diplomada, ela aproveitou e levou sua filha mais velha para fazer as aulas. “Apesar

Sueli: Ela e a filha se formaram hoje à noite
de já ter um curso de informática no currículo, aprendi muitas coisas novas aqui. Agora, vou dar continuidade com um curso de manutenção de computadores”, diz ela, que também se tornou uma voluntária da instituição e dará aula para as próximas turmas.

 

Segundo Emanuela Melo, voluntária, o grande objetivo de todo este trabalho foi ajudar a população. “A EIC cobra um preço baixo pelos cursos e muita gente entrou como parceira no projeto. São vários colaboradores que ajudam os trabalhos da Escola, garantindo o acesso destas pessoas ao mercado de trabalho”, disse ela.

 

Sueli com sua outra filha
A turma desta noite foi composta por mais de 35 alunos formandos. A passada contou com 48 pessoas certificadas. O Lar de Zizi é uma instituição que cuida de crianças carentes em regime de semi-internato. A instituição fica localizada na Rua da integração, 175, bairro Luzia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais