Marinha diz que óleo de barris é incompatível com manchas nas praias

0
Barril de óleo encontrado em Sergipe (Foto: Adema)

A substância oleosa dos barris encontrados no litoral sergipano é incompatível com as manchas de óleo que atingiram as praias do estado. A informação foi divulgada na tarde desta segunda-feira, 30, pela Capitania dos Portos de Sergipe.

O material foi coletado em Sergipe no último dia 25 e enviado para análise no Instituto de Estudos do Mar Almirante Saulo Moreira (IEAPM), que fica no Rio de Janeiro. Ainda não há informação sobre a origem do produto.

Os barris foram encontrados na Praia Formosa, em Aracaju, e na Praia do Jatobá, na Barra dos Coqueiros. Inicialmente, a suspeita é de que os barris foram colocados na costa sergipana e abertos de maneira criminosa.

Um dia antes, manchas de óleo foram encontradas em um trecho de praia na Barra dos Coqueiros, na Ilha do Rato (Pirambu) e na Ponta dos Mangues (Pacatuba). Este problema afeta todo o Nordeste com exceção da Bahia.

O material encontrado nas praias do Nordeste, conforme o Ibama, trata-se de petróleo cru, ou seja, que não se origina de nenhum derivado de óleo, como gasolina e outros. A origem ainda não foi identificada. A Petrobras também fez análises e concluiu que o material encontrado não é produzido e nem comercializado pela empresa.

por Verlane Estácio 

Comentários