Meteorologia prevê chuvas para municípios afetados pela estiagem

0

Oito municípios sergipanos já decretaram situação de emergência por estiagem ou seca. Dois deles, Nossa Senhora da Glória e Frei Paulo, já tiveram o reconhecimento da situação de emergência pelo Estado e pelo Governo Federal. Os demais aguardam avaliação dos decretos municipais. A boa notícia é a previsão de chuva para o final de outubro e inicio de novembro nessa região afetada pela estiagem.

Overland Amaral conta que chuvas previstas podem amenizar situação hídrica dos municípios (Foto: Arquivo ASN)

Os municípios de Monte Alegre de Sergipe, Canindé do São Francisco, Pinhão, Tobias Barreto, Poço Redondo e Carira já decretaram situação de emergência por estiagem. A  população afetada, incluindo o município de Frei Paulo, é de mais de 66 mil pessoas. O município de Glória decretou situação de emergência por seca.  De acordo com o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec) os oito municípios em situação de emergência são assistidos pela Operação Carro Pipa. Ao todo mais de 26 mil pessoas recebem água potável através do programa.

De acordo com a Defesa Civil, os oito municípios recebem água potável através de caminhão pipa (Foto: 28º BC/SE)

A situação climática e hídrica nestes municípios pode ter uma melhorara a partir do final de outubro.  O Centro de Meteorologia da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) prevê para os próximos dias a ocorrência de chuvas na região afetada pela estiagem.

“ O sistema de convergência do Atlântico Sul é favorável para a ocorrências de chuvas com trovadas na região. A previsão é que as chuvas ocorram a partir do dia 27 desse mês e inicio de novembro. Os índices pluviométricos devem ficar entre 30mm e 50mm nos próximos dias. É preciso avaliar a situação hídrica local para saber se essa chuva prevista vai diminuir a dificuldade de água na região”, explica o meteorologista Overland Amaral.

O verão, segundo o meteorologista, promete ser bem quente com possibilidades de chuvas convectivas, ou seja, com a ocorrência das famosas chuvas de verão. “ As chuvas previstas para final de outubro até dezembro serão provocados por sistemas vindos do sul, primeiro chove na Bahia e depois chega a Sergipe. As chuvas de verão, estação que tem início no final de dezembro, são provocadas por sistemas vindos do Norte e existe a possibilidade de condições climáticas favoráveis. Temos também a incidência do El Niño sistema mais favorável para chuvas”, adianta o meteorologista.

por Karla Pinheiro

Comentários