Ministério Público volta a discutir derrubada dos bares da Aruana

0

Hoje, às 14 horas, acontece mais uma reunião no Ministério Público Federal. Na pauta de discussões, está o caso das derrubadas dos bares da Praia de Aruana. O promotor público federal, Paulo Jacobina concedeu um prazo de seis meses para que seja feita a derrubada dos bares. Mas, antes disso, ele quer que seja apresentado um projeto de reurbanização da área. O problema dos barraqueiros da área é parte do projeto “Redescobrindo Sergipe”, elaborado pela arquiteta Ana Luiza Prata Libório e sua equipe, no ano de 1995, quando, a pedido da Associação de Donos de Bares, foi criada uma urbanização arquitetônica dos bares em madeira reflorestada, palha e sem impacto sanitário. O projeto foi apresentado à Prefeitura de Aracaju concebido dentro das normas ambientais do Ibama e Adema.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais