Morte em navio: corpo de tripulante filipino está no IML

0

O corpo do tripulante filipino Julius Loma, de 44 anos, que faleceu provavelmente de infarto, no navio MV Argo B, que saiu de Recife com destino ao Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB), no município da Barra dos Coqueiros, já está no Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe.

A Polícia Federal, a Marinha do Brasil e a Anvisa estiveram na manhã desta quinta-feira, 26, no Porto de Sergipe para inspeção do local e acompanhamento dos procedimentos. O corpo do filipino foi removido pelo IML, onde permanecerá até ser encaminhado ao seu país de origem.

Segundo o comandante da embarcação, o tripulante embarcou no navio no dia 2 de novembro de 2019, no Porto do Egito. Ele sentiu grande mal-estar e fraqueza no dia 24 de março, sem gripe ou tosse, e foi encontrado sem vida, no dia 25 de março, às 4h, em sua cabine. A Anvisa descartou a possibilidade de tratar-se de um caso de COVID-19 .

A Embaixada Filipina no Brasil foi comunicada do falecimento do estrangeiro, enquanto o agente marítimo e uma empresa especializada de seguro estão se encarregando de retorná-lo para o país de sua nacionalidade. A Polícia Federal em Sergipe acompanha o caso.

por Verlane Estácio com informações da PF em SE

Comentários