Motorista envolvido em acidente se apresenta a polícia

0
(Foto: Arquivo / Portal Infonet)

O responsável pelo acidente que vitimou quatro jovens em Itabaiana, município distante 56 km de Aracaju, se apresentou a polícia da cidade serrana na manhã da última segunda-feira, 6.

O carregador , Edson de Oliveira Santos, 29 anos, é natural de Itabaiana e estava foragido da polícia. O acidente ocorreu no último dia 14 de dezembro na Rodovia Francisco Teles de Mendonça, que liga a cidade de Itabaiana a Moita Bonita, no Agreste Sergipano. A morte dos jovens repercutiu em todo o Estado.

Em depoimento a polícia, o carregador se mostrou bastante arrependido, e disse que não tinha a intenção de matar nenhum dos jovens. Ainda segundo a polícia, Edson informou que perdeu o controle do caminhão ao tentar alertar um amigo.

“Ele relatou que momentos antes do acidente, um amigo que estava na sua companhia estava encostado na porta do veículo, porta esta que estava com problemas. Ao tentar alertar o amigo sobre o ocorrido, ele acabou perdendo o controle do veículo, causando o acidente”, relata o delegado.

Para o delegado Clever Farias, Edson informou o local onde está se abrigando, porém mostrou-se com bastante medo de represarias de familiares e amigos das quatro vítimas.

Segundo informações da polícia, Edson não possui carteira de habilitação. O mesmo deverá responder pelo crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

“Diante da conduta do condutor do veículo em dirigir sem a carteira de habilitação, ter ingerido bebida antes do acidente e  competiu velocidade superior ao permitido, entrando na contramão da rodovia. Ele assumiu o risco de produzir os resultados. O suspeito deverá responder por homicídio doloso, na modalidade dolo eventual, onde a pena máxima pode variar de 6 a 20 anos de prisão. Aplicando-se o concurso formal, em razão da morte de quatro vítimas, implicando no aumento da penas de um sexto a metade destes 20 anos”, relata.

A prisão preventiva do itabaianense chegou a ser expedida no dia 19 de dezembro, porém foi negada por um juiz, em razão do acusado ter comparecido a delegacia.

A perícia feita pela Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRv) já foi concluída e deverá ser entregue a polícia até esta quinta-feira, 9, que espera concluir as investigações até a próxima sexta-feira, 17.

Por Leonardo Dias e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais