MP/PB investigará morte de advogado durante operação da polícia de SE

0
Operação policial foi realizada pela Polícia Civil de Sergipe (Foto: SSP/SE)

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) informou que instaurou procedimento administrativo para acompanhar a investigação da Polícia Civil sobre a morte do advogado Gefferson de Moura Gomes, de 32 anos, no município de Santa Luzia, no Sertão do Estado, ocorrida na noite da última terça-feira, 16, durante uma operação realizada por policiais civis do Estado de Sergipe.

O procedimento foi instaurado pelo promotor de Justiça de Santa Luzia, José Carlos Patrício, que já requisitou cópia do inquérito policial instaurado pela Polícia Civil. “Vamos analisar os depoimentos, as informações e os elementos de prova que venham a embasar o inquérito, para a partir daí, ver quais medidas serão adotadas. O Ministério Público é responsável pelo controle da atividade policial e é essa atividade que estamos desenvolvendo com o objetivo de saber se os fatos estão sendo apurados de forma regular, garantindo aos familiares e à sociedade a resposta adequada sobre o que aconteceu”, disse.

Polícia Civil de Sergipe

A Polícia Civil de Sergipe emitiu nota explicando que a operação foi realizada com pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) a fim de tentar prender um grupo envolvido com tráfico interestadual de drogas; e que os policiais estavam há alguns dias em diversas partes do Nordeste do país monitorando a quadrilha com o intuito de cumprir mandados de prisão, expedidos pela Justiça de Sergipe.

De acordo com a Polícia Civil, foi montado um bloqueio policial, onde vários veículos suspeitos foram parados, entre eles, Gefferson de Moura Gomes, que estava armado, esboçou uma reação e foi atingido, sendo encaminhado imediatamente para uma unidade hospitalar.

Segundo a Polícia, o veículo e a arma de fogo foram apreendidos e apresentados pelos policiais na Delegacia Plantonista da cidade de Patos/PB. Os policiais prestaram depoimento ao delegado plantonista colocaram à disposição da Perícia Criminal e da Polícia Civil da Paraíba as armas de fogo utilizadas durante a ação.

A Polícia Civil de Sergipe informou também que disponibilizou desde as primeiras horas do desfecho da ocorrência todas as informações necessárias às autoridades paraibanas. Os relatos prestados pelos policiais civis sergipanos constam em inquérito policial que já foi instaurado para apurar a ocorrência. A perícia também foi acionada para realizar os exames nas armas de fogo e veículo.

Por Verlane Estácio com informações do MP/PB e da Polícia Civil de Sergipe

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais