Mulheres presas por tráfico de crack

0

Droga seria vendida no Centro de Aracaju
A titular do Departamento de Narcóticos, Aliete Melo, prendeu juntamente com sua equipe no final da manhã desta quarta-feira, 7, duas mulheres no conjunto Bugio, acusadas de tráfico de crack. Com as duas, a polícia encontrou 10 aparelhos de telefones celulares, um quilo e 200 gramas de crack, munições, além de 200 gramas de maconha.

Segundo a delegada, Sidilânia Correia da Silva Santos, 27 e Maria Cláudia Salustiano dos Santos, 32 moravam juntas e os esposos estão presos [um por tráfico de drogas e o outro por homicídio]. “Nós recebemos denúncia e após investigações, constatamos que Sidilânia foi buscar a droga na cidade de Paulo Afonso, na Bahia, tendo chegado na última segunda-feira, 5. O crack seria vendido no Centro de Aracaju”, relata Aliete Melo acrescentando que as duas já foram garotas de programa na Espanha.

Sidilânia trouxe a droga da Bahia
Maconha

Ainda nesta quarta-feira, 7, integrantes da Força Tática do Batalhão de Choque prenderam um traficante de maconha [Jonathan Silva, 22] e dois usuários [Elisson Silva Souza, 21] e Alberto Rocha Santos, 22].

De acordo com o tenente Nelson Eron, da Força Tática do Batalhão de Choque, receberam uma denúncia anônima de que estava havendo o tráfico no Alto da Bela Vista, no bairro Santos Dumont. “Foi montada uma operação no Morro da Reação e na abordagem os três tentaram evadir-se do local, mas conseguimos detê-los na entrada da vila”, relata o

Maria Cláudia
tenente.

Em uma bolsa que estava com o acusado de tráfico, Jonathan, a polícia encontrou seis dólares de maconha, mais 28 trouxinhas. Os dois usuários foram liberados após depoimento no Denarc.

Por Aldaci de Souza

 

Comentários