OAB se reúne nesta quinta para decidir sobre eleições para desembargador

0

Sede da OAB Sergipe
Em entrevista coletiva à imprensa nesta terça-feira, 26, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe (OAB/SE), anunciou que fará uma reunião na quinta-feira, 28, para decidir como será feita a eleição da lista sêxtupla que baseará o governador do Estado na escolha do desembargador do Tribunal de Justiça.

 

Henri Clay Andrade reassumiu a presidência da entidade e deu entrevista após mais de dois meses afastado do cargo por problemas de saúde. Ele disse que ontem, 25, se reuniu com todos os 16 candidatos para ouvi-los sobre a última eleição, da qual ele não participou.

 

De acordo com o presidente, na reunião de quinta, às 19h, o conselho seccional pode decidir ele mesmo eleger a lista sêxtupla ou convocar novas eleições. “A OAB é maior do que essa eleição”, disse. Para Henri Clay, a Ordem precisa resolver o quanto antes esse impasse, para poder atender a demandas como cobrar mais transparência dos governos, em casos como o da merenda escolar e dos cartões corporativos. “A OAB está estagnada com esse processo eleitoral”, acredita.

 

Quorum e apuração

 

Henri Clay Andrade
Henri Clay também falou à imprensa sobre os pontos mais polêmicos das duas últimas eleições anuladas. Ele acredita que não há motivos para se apurar esses votos. “Não há porque se apurar votos de uma eleição nula”, afirmou.

 

Quanto ao quorum mínimo ele alegou que todas as instâncias dentro da OAB têm o dispositivo. Até mesmo se a eleição for feita pelo conselho seccional, existirá um quorum de conselheiros presentes. “Se com o quorum compareceram 900 advogados, sem o quorum iriam comparecer uns 300 que elegeriam o novo desembargador”, disse.

 

Por Gabriela Amorim

Comentários