Depatri prende suspeito de aplicar golpes com pirâmide financeira

0
Um carro de luxo também foi apreendido na residência de Maurício, no Santa Maria (Foto: SSP/SE)

A Polícia Civil, junto ao Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) realizou a prisão de Maurício Henrique dos Santos, suspeito de estelionato por participação num grupo criminoso que aplicava golpes com promessa de investimentos em criptomoedas.

Além da prisão de Maurício, Liliane Ferreira dos Santos e Devanilson Nascimento do Espírito Santo receberam ordens de prisão preventiva, mas estão foragidos.

De acordo com a delegada Rosana Freitas, a promessa de investimento era uma pirâmide financeira. Os suspeitos possuíam empresas com endereços fixos e ofereciam investimentos com promessa de rendimento de alto valor, chegando a 60% de lucro. O grupo trouxe um prejuízo de aproximadamente R$ 17 mi, utilizados em consumo pessoal e cooptação de outras pessoas.

A polícia pede o apoio da população para possíveis informações sobre os foragidos (Foto: SSP/SE)

Maurício foi localizado na manhã desta quinta-feira, 22, em sua residência, localizada no bairro Santa Maria. Foram apreendidos um veículo de luxo e dinheiro em espécie, além da constatação da existência de contas bancárias com movimentação de valores acima de R$ 1 mi de reais, por meio do extrato bancário de sua esposa.

Os participantes do grupo criminoso alugavam salas em prédios luxuosos e hotéis de Aracaju para estruturar eventos de apresentação do investimento, como forma de atrair mais pessoas. Segundo as investigações policiais, mais de mil pessoas podem ter sido vítimas do golpe. “Eles se diziam entendedores do mercado financeiro para atrair investidores e fazer com que outras pessoas participassem do investimento”, diz a delegada.

Ela afirma ainda que o golpe tem sido muito usado no Brasil para atrair pessoas que não possuem conhecimento sobre o tipo de investimento. “Pesquisando um pouco mais sobre o assunto é possível perceber que, atualmente, é insustentável qualquer promessa de retorno tendo um lucro tão alto. Desconfiem de propostas muito altas e procurem fazer uma pesquisa mais apurada antes da realização de investimentos”, alerta.

A Polícia segue em busca dos foragidos Devanilson Nascimento do Espírito Santo e Liliane Ferreira dos Santos, além de investigações sobre o envolvimento de outras pessoas no grupo criminoso. Informações e denúncias sobre os suspeitos podem ser repassadas por meio do Disque-Denúncia (181) com garantia de sigilo.

por Juliana Melo e Aisla Vasconcelos

Comentários