Operação Narcos resulta na apreensão de 50 quilos de drogas

Uma parte do que foi apreendido (Foto: SSP)

O Departamento de Narcóticos (Denarc) informou nesta terça-feira, 5, que a edição de 2022 da Operação Narcos foi concluída. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), foram realizadas diversas ações de combate ao tráfico de entorpecentes na Grande Aracaju nos meses de junho e julho, o que resultou em prisões e apreensões de drogas e armamento.

Em meio às ações da Narcos, foi apreendido um total de quatro armas de fogo, 12 munições e mais de 50 quilos de entorpecentes. No período, o Denarc também efetuou três prisões em flagrante, cumpriu três mandados de prisão e um adolescente foi apreendido. Ação aconteceu em todo país, entre os dias 27 de junho e 5 de julho.

Durante a Narcos, policiais realizaram diligências em toda a região metropolitana, e inclusive participaram de operação conjunta com o Estado de Minas Gerais. Nesta ação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão contra um casal residente no conjunto Bugio, identificando o líder de uma organização criminosa, que, em dois anos, foi responsável pela movimentação de mais de 20 kg de entorpecentes.

De acordo com informações do Departamento, foram confeccionados três autos de prisão em flagrante e um Termo de Ocorrência Circunstanciado na Narcos.

“A operação foi um sucesso, agradeço o apoio do pessoal que estava sob o comando do diretor anterior e à nova equipe do Departamento”, ressalta o delegado Ataíde Alves, novo diretor do Denarc.

Incineração

Também no combate ao tráfico e, conforme autorização do Poder Judiciário, o Denarc de Sergipe incinerou três toneladas de drogas em abril deste ano, resultado das apreensões feitas pelas Polícias Civil e Militar.

por João Paulo Schneider

Com informações da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais