Pandemia: ruas, aeroporto e rodoviária de Aracaju têm baixo movimento

0
Passageiros utilizam máscara como forma de proteção contra o vírus (Fotos: Arthur Soares/Portal Infonet)

As orientações de quarentena e contingenciamento populacional em razão da pandemia do coronavírus, em todo o país, tem gerado reflexo nas ruas e serviços da região urbana. Em Aracaju, onde vigora decreto que suspendeu aulas, atividades em academias e restrições para estabelecimentos comerciais, o movimento nesta quinta-feira, 19, é tímido em terminais como aeroporto e rodoviária com saídas e chegadas de destinos interestaduais.

Aeroporto

Pouco movimento e alguns voos cancelados nesta manhã no aeroporto

No Aeroporto Santa Maria, na manhã desta quinta-feira, poucas pessoas faziam uso do saguão. As filas para compra de passagens e check-in quase não existiam. Um voo partiu logo no início da manhã para Salvador. No entanto, o painel de aeroporto já anunciava os cancelamentos dos voos de Aracaju Azul para Recife, às 15h15, e Recife para Aracaju, das 10h35 e 14h40. No último dia 16 de março a companhia aérea já havia confirmado que realizaria um corte da capacidade de voos até que a situação se normalize.

Entre os poucos passageiros no aeroporto, alguns utilizavam máscaras de rosto como forma de prevenção ao vírus.

Rodoviária

Rodoviária também tem pouco movimento

No Terminal Rodoviário José Rollemberg Leite, de onde saem e chegam ônibus de outros estados, o movimento também é bastante reduzido. Ao consultar uma passageira que tentava um ticket para Salvador, ela foi enfática: “foi difícil, mas acabei encontrando”, disse.

Nos próximos dias, conseguir comprar passagens para a capital baiana pode ficar mais difícil. O governador baiano, Rui Costa, já deu entrevista sinalizando que pretende limitar a entrada de ônibus interestaduais que venham de estados onde já há casos confirmados de coronavírus. A decisão ainda não passou a vigorar.

A Socicam, concessionária do terminal rodoviário de Aracaju, informa que a rodoviária opera normalmente, seguindo as orientações do Ministério da Saúde quanto às medidas de contenção do vírus COVID-19. Até o momento, dentre os dias 16 e 19 de março, notou-se uma redução de aproximadamente 5% na movimentação do terminal.

Ruas da capital e Shopping

Estacionamento de shopping retrata evasão de pessoas de locais com aglomerações

Quem também está alterado com o contingenciamento populacional é o trânsito da capital. Vias que costumam ficar estranguladas em horários de pico, como a avenida Beira Mar, Francisco Porto entre outras, não tem registrado congestionamentos. O centro comercial também tem registrado menos fluxo de pessoas.

Por volta das 12h, o estacionamento de um dos shoppings da capital, também tinha poucos carros – uma cena incomum.

Com o avanço dos casos do coronavírus, a tendência é que o movimento na região urbana seja cada vez menor. Os impactos para o comércio ainda não podem ser calculados.

Por Ícaro Novaes

*A matéria foi alterada às 15h05 do dia 19/03 para acréscimo de nota da Socicam
Comentários