Passarela do Parque dos Cajueiros é recuperada

0
Passarela suspensa liga o calçadão da via pública ao Parque dos Cajueiros  (Foto: Jorge Reis)

Visando garantir a segurança dos transeuntes, ciclistas e frequentadores, a Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (SEINFRA) está recuperando a passarela suspensa do Parque dos Cajueiros Governador Antonio Carlos Valadares, na Zona Sul de Aracaju.

Localizada às margens da Avenida Beira Mar, no bairro Farolândia, a passarela suspensa que liga o calçadão da via pública ao Parque dos Cajueiros e é utilizada diariamente por centenas de moradores, apresentava problemas em algumas tábuas, que pelo desgaste natural e ação do tempo já estavam danificadas, podendo vir a ocasionar algum prejuízo físico às pessoas que por ela transitam.

O serviço de recuperação compreende a aplicação de 40 tábuas de madeira angelim, com 20 cm de largura, 4 cm de espessura e 2,80 metros de comprimento, que são parafusadas e em seguida recebem uma camada impermeabilizante de cola, o que assegura maior durabilidade.

Cartão Postal

Segundo o Secretário Estadual da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa, os trabalhos de recuperação da passarela têm como objetivo proporcionar comodidade à população. “Diariamente centenas de pessoas e ciclistas transitam pela passarela, por isso se faz necessário se antecipar aos reparos essenciais, comuns a esse tipo de ponte específica para pedestres”, explica.

Valmor acrescenta que a execução dos serviços será célere. “Como todo o material empregado na reconstrução do Parque dos Cajueiros foi de primeira qualidade, os reparos na passarela não têm grandes proporções e serão concluídos até o meio desta semana, lembrando que durante sua execução o tráfego dos usuários não será prejudicado. Além de ser um dos mais belos cartões-postais da cidade, o Parque dos Cajueiros é um dos espaços de lazer e de práticas esportivas mais frequentados de Aracaju. Compete à sociedade zelar por ele e ao Governo do Estado realizar intervenções técnicas sempre que necessário, a fim de maximizar o uso da estrutura pela população”.

Fonte: Seinfra

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais