Pedido de Habeas Corpus de Mansuet é negado

0

Apesar de ter entrado com um pedido de Habeas Corpus, para que fosse liberada da prisão, a delegada Meire Mansuet continua na cadeia. O pedido foi negado ontem. A delegada é acusada de concussão – exigência de dinheiro – e pode estar envolvida também na fuga de Floro Calheiros da 1ª Delegacia Metropolitana. O caso da concussão envolve o comerciante João Alves dos Santos, que teria sido preso por policiais da 1ª DM sob a acusação de vender comprimidos Cytotec, utilizados para a prática de aborto. Segundo o comerciante, ao invés de a delegada lavrar o flagrante delito, ela queria, juntamente com os policiais que efetuaram a prisão, o valor de R$ 5 mil para deixar o caso sem apurar. Ainda segundo o comerciante, ele aceitou entregar o dinheiro, mas o caso foi encaminhado para a Corregedoria de Polícia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais