Pesquisa diz que brasileiro é a favor do projeto de transposição

0

Valadares quer destinar parte dos recursos para a revitalização do rio
Uma pesquisa realizada pelo instituto CNT/Sensus a respeito da aprovação do brasileiro sobre o projeto de Integração (transposição) do Rio São Francisco revelou que 62,3% é a favor do projeto. A constatação foi divulgada pelo Governo Federal nesta terça-feira, que aproveitou para reafirmar que seu único objetivo é “dar segurança hídrica a 12 milhões de pessoas que vivem nas pequenas, médias e grandes cidades do Nordeste Setentrional”.

 

Apesar disso, os parlamentares sergipanos continuam contra a idéia que, segundo eles, pode levar à seca da Bacia. De acordo com a pesquisa, realizada em 195 municípios de 24 estados das cinco regiões brasileiras, 26,1% são contra a realização e 11,5% não opinaram.

 

Para a deputada federal Fátima Bezerra (PT-RN), “nunca reunimos condições técnicas e políticas tão favoráveis para darmos vida a esse projeto. Já superamos as etapas de construção do entendimento de que a integração do São Francisco é necessária e possível de ser feita sem comprometer a vida do rio e o meio ambiente. Não há mais o que esperar”, disse.

 

PEC – Do lado de cá, a seccional de Sergipe da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SE) estará realizando uma campanha pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) destinando 0,3% das receitas líquidas da União para obras de revitalização do Rio São Francisco. O projeto é de autoria do senador Antonio Carlos Valadares.

 

O senador participou da última reunião do Conselho Seccional, na segunda-feira, quando os conselheiros decidiram prestar apoio à PEC 524, em tramitação na Câmara dos Deputados. A aprovação da proposta significaria a aplicação de R$ 300 milhões anuais para a revitalização do São Francisco.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais