Cope investiga homicídio de PM durante assalto no povoado Matapoã

0
Marcos Antônio foi morto no último sábado (Foto: reprodução/ redes sociais)

O Centro de Operações Especiais (Cope) iniciou as diligências para apurar o homicídio contra o policial militar sargento Marcos Antônio Borges de Campos, no último sábado, 1º de setembro, no povoado Matapoã, na zona de expansão de Aracaju.

O sargento foi morto por dois bandidos armados, enquanto comemorava a recente promoção na corporação, em sua chácara com a família.

De acordo com a assessoria de comunicação da PM, os criminosos invadiram a propriedade e anunciaram o assalto. A esposa do militar foi feita refém. Ele entrou em confronto e conseguiu balear um dos bandidos, mas acabou sendo atingido no tórax.

Marcos Antônio chegou a enviar pedidos de socorro em redes sociais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso está sendo investigado pelo Centro de Operações Especiais (Cope). Policiais civis iniciaram as diligências indo ao local do crime e ouvindo testemunhas para tentar localizar os envolvidos.

O velório foi realizado no município de São Cristóvão e o sepultamento em Boquim nesse domingo, 2.

Carreira

Segundo a PM, Marcos Antônio fazia parte da corporação desde 1994 e acumulava elogios dos colegas de farda por conta da conduta moral e profissional com que sempre atuou.

Morto em confronto

O homem baleado durante o confronto com o PM foi identificado pelo Instituto Médico Legal como Gedson dos Santos, de 24 anos.

por Jéssica França
Com informações da PM/SE

 

Comentários