Polícia Civil afasta policiais envolvidos em operação na Paraíba

0
O delegado-geral Thiago Leandro explica que o afastamento é para manter a transparência da investigação (Foto: SSP/SE)

Os policiais civis sergipanos do Departamento de Narcóticos (Denarc) envolvidos na ação em Santa Luzia, sertão paraibano, que culminou com a morte do empresário Geffeson de Moura Gomes, foram afastados administrativamente. A decisão foi tomada pelo delegado-geral Thiago Leandro e pela corregedora-geral sergipana, delegada Érika Magalhães.

De acordo com a SSP, o afastamento dos envolvidos é para garantir uma investigação isenta e transparente. Os policiais ficam afastados até a conclusão das investigações do inquérito policial, aberto pela Polícia Civil da Paraíba. O delegado-geral reforça o compromisso da Polícia Civil de Sergipe em contribuir com as investigações e o bom andamento dos trabalhos.

Thiago Leandro afirma que os policiais sergipanos estão à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários e irão comparecer a todos os atos imprescindíveis à elucidação completa do caso.

A decisão de afastar os policiais foi tomada após viagem do delegado-geral a João Pessoa na semana passada. Durante reunião com o delegado-geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, foram discutidos os detalhes da missão oficial que os policiais sergipanos realizavam no Nordeste e que teve seu desfecho no Estado da Paraíba.

De acordo com a Polícia Civil, os policiais do Denarc tentavam cumprir mandados de prisão contra uma quadrilha interestadual de drogas com ramificações em vários estados nordestinos.

A Polícia Civil da Paraíba informou, através de nota, que as investigações devem ser concluídas em 30 dias, sendo prorrogadas, se necessário.

Entenda

Gefferson de Moura Gomes  foi morto no dia 17 de março, durante uma operação do Denarc que tentava prender um grupo envolvido com tráfico interestadual de droga na cidade de Santa Luzia, na Paraíba. De acordo com a Polícia Civil de Sergipe foi montado um bloqueio policial, onde vários veículos suspeitos foram parados, entre eles, Gefferson, que estava armado, esboçou uma reação e foi atingido, sendo encaminhado imediatamente para uma unidade hospitalar.

De acordo com relatos da família da vítima à imprensa, Gefferson estava indo para a cidade de Cajazeiras, na Paraíba, para cuidar do pai que está com Covid-19, mas acabou sendo morto na cidade de Santa Luzia, sertão do estado.

Por Karla Pinheiro
com informações da Polícia Civil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais