Polícia Civil investiga digitais encontradas em veículo

0

O veículo foi localizado após denúncia anônima (Foto: Sandoval Notícias)

O veículo do professor Adalgício Barbosa Mendonça, 41 anos, localizado por policiais da Rádio Patrulha, já foi periciado. O veículo Focus de placa NVK – 1738 estava parado na área externa de um condomínio, localizado próximo à BR 235, em Nossa Senhora do Socorro.

Segundo a delegada do 5º distrito do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Rosana Freitas, impressões digitais foram encontradas no veículo. 

“Assim que foi encontrado, peritos da Força Nacional encontraram impressões digitais. No entanto, ainda não dá para saber de quem são as digitais, já que o laudo ainda não está concluído. A investigação está em andamento e até o momento ainda não conseguimos saber quem era a pessoa que estava com o professor. Além do veículo foi levado a carteira e o relógio do professor que não foram encontrados no veículo", afirma a delegada.

Causa morte

Ainda segundo a delegada, até o momento não há como precisar qual a causa morte que vitimou o professor. "A principio não foi encontrado lesões internas e externas no professor e por isso não se tem ainda como precisar a causa morte. Alguns órgãos do professor foram encaminhados para um exame anatômico patológico e está sendo analisando pelo Instituto Forense”, informa

Rosana Freitas acrescenta que familiares da vítima, bem como o proprietário da pousada já foram ouvidos, faltando apenas uma funcionária da pousada que está gestante.

Suspeito

Professor foi encontrado morto em uma pousada (Foto: Arquivo Pessoal Facebook)

O próximo passo das investigações é tentar localizar a pessoa que estava de posse do veículo da vítima, segundo informa a delegada. “Agora temos que identificar quem estava com o veículo porque as imagens da pousada não revelam que estava com ele [Adalgício]”, afirma Rosana Freitas.

Relembre

O professor de ciências biológicas, Adalgício Barbosa Mendonça, 41 anos, foi encontrado morto na última segunda-feira, 12, nas dependências de uma pousada no bairro Siqueira Campos, em Aracaju. A causa da morte ainda não foi identificada.

Denúncia

A delegada solicita que quem tiver alguma informação que leve a polícia ao suspeito da morte do professor, pode ligar para o disque-denúncia da Polícia Civil pelo 181 ou para o DHPP pelo 3205-5400.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais