Pouco movimento no trecho interditado da Beira Mar

0
Segundo SMTT, movimento está tranquilo (Fotos: Portal Infonet)

Na manhã desta segunda-feira, 6, mesmo com fluxo intenso de veículos não houve problemas no  trecho da avenida Beira Mar, interditado desde o último sábado, 4. A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) informou que muitos condutores não estão seguindo as placas de sinalização.

O fluxo de veículos está fluindo normalmente, mesmo com a interdição de um trecho da avenida Beira Mar. “O fluxo é maior do que no fim de semana, mas mesmo assim está fluindo como de costume. A orientação é só que os condutores prestem mais atenção as placas de sinalização para evitar qualquer transtorno”, explica o agente José Adriano Santos.

De acordo com o agente da SMTT, a principal dificuldade da interdição do trecho é que muitos condutores não estão prestando atenção nas placas. “Temos placas sinalizando em todas as ruas com agentes. Os condutores acabam não seguindo as placas, por isso muitos ainda param, pois não sabem como chegar do outro lado da avenida”, afirma José Adriano.

Atenção

"Ciclistas e pedestres devem redobrar atenção", orienta agente da SMTT

Os pedestres e ciclistas que utilizam a nova rota devem ficar mais atentos ao atravessarem as ruas Celso Oliva e Vereador Pedro Calazans. “A rotina nessas ruas mudou. Pedestre e ciclistas precisam redobrar a atenção para evitar acidentes e os moradores também devem ficar atentos ao saírem das garagens”, orienta o agente da SMTT.

Novo trajeto

Os condutores que trafegam sentido Centro/Atalaia devem seguir pelas ruas Celso Oliva, Vereador Pedro Calazans depois pela avenida Anísio Azevedo e pegar a avenida Beira Mar. Já no sentido Atalaia/ Centro os condutores devem trafegar pela contramão da avenida Anísio Azevedo até o Iate Clube.

Por Adriana Freitas e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais