Presidiário é apontado como autor das ameaças contra Danielle Garcia

0
A ameaça ocorreu via rede social em maio deste ano (Foto: SSP/SE)

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou nesta quarta-feira, 4, que identificou o autor das ameaças de morte contra a delegada Danielle Garcia. Segundo a SSP, o suspeito já se encontrava preso no Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto (Copemcan), onde cumpre pena pelo crime de latrocínio. As ameaças ocorreram no dia 5 de maio e a investigação foi conduzida pela Delegacia de Simão Dias, com o apoio da Polícia Penal.

Segundo o delegado Clever Farias, o perfil falso foi identificado e chegou-se à verdadeira identificação do autor do crime. “As ameaças ocorreram por meio do perfil falso intitulado ‘Kayc Santos’. Com as informações fornecidas pelos operadores de telefonia, descobrimos que o presidiário Diego Santos Silva foi o autor da ameaça, utilizando um aparelho celular dentro do Copemcan, onde se encontra preso desde 2012 pelo crime de latrocínio”, detalhou Farias.

No dia 8 de julho, a Polícia Penal realizou revista na cela onde ele estava custodiado na unidade prisional e foram apreendidos tanto o celular utilizado para realizar as ameaças, quanto outros telefones celulares. Diego Santos Silva será indiciado pelo crime de falsa identidade, ameaça e ingresso ilegal de celular um unidade prisional.

Ameaça

A ameaça ocorreu via rede social em maio deste ano. A delegada divulgou o teor da conversa e disse que essa não foi a primeira vez que isso aconteceu. Na mensagem, a pessoa que faz a ameaça diz que Danielle e outro delegado de polícia mataram seu irmão em Simão Dias e que os dois “vão pagar”. “Vocês também morrem”, diz parte da mensagem.

por João Paulo Schneider 

Com informações da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais